0
  • Carrinho Vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

0
  • Carrinho Vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

Enter your keyword

post

SALVOS DE QUÊ, POR QUEM E PARA QUÊ?

SALVOS DE QUÊ, POR QUEM E PARA QUÊ?

Em toda a Bíblia é possível encontrar o tema da salvação, aliás, esta é a grande mensagem do Evangelho que em sua raiz original significa “boas novas”, e a boa notícia é que em Jesus Cristo há salvação para todo o que crê (Jo 3.16).

Histórias bíblicas de intervenções divinas, tais como a libertação de Israel do Egito, o socorro a Jonas no ventre do peixe, o salmista da morte e os soldados do naufrágio, são acompanhadas da ideia de que Deus é salvador (Ex 15.2; Jn 2.9; Sl 116.6; At 27.31). No entanto, esses relatos sinalizam para algo ainda maior, isto é, para o fato de que, esse Deus que livra Seu povo em situações adversas, é também aquele que providenciou a salvação do pecado e de suas consequências.

Ao lermos as histórias acima citadas, concluímos que em todos os casos é Deus quem agiu para socorre-los, mesmo porque eles não estavam em condições de salvar-se a si mesmos. Da mesma forma ocorre com a salvação do pecado, já que antes de conhecer a Cristo o homem encontra-se morto (Ef 2.1), e somente por meio da fé em Jesus Cristo é que o homem pode ser salvo (Ef 2.9).

É possível que algumas pessoas afirmem dizendo que não precisam ser salvas considerando-se boas e que não fazem mal a ninguém. No entanto, de acordo com a Palavra de Deus que é a verdade (Jo 17.17), todos os homens – sem excessão – são pecadores (Rm 3.10,23).

A essa altura se faz necessário levantar algumas questões:

1- O homem precisa ser salvo do quê?

          Ao observarmos o que a Bíblia tem a nos dizer a respeito daquilo que o Senhor Jesus é capaz, inclusive de salvar o que nele crê, podemos concluir que isso se dá nos três tempos da vida: passado, presente e futuro. Vejamos detalhadamente:

Passado

          Quando o homem crê que Jesus é Filho de Deus e entrega-se a Ele, o efeito de Sua obra resolve pecados passados, ou seja, Deus os perdoa, fazendo deste homem uma nova criatura (II Co 5.17). Além disso, podemos ainda destacar que essa obra é tão perfeita e eficaz que esses pecados são lançados nas profundezas do mar e por Deus nunca mais são lembrados (Mq 7.18,19; Is 43.25).

Presente

          Quanto ao presente, a salvação operada por Cristo tem o poder de libertar o homem da impiedade e injustiça que o pecado lhes impõe (Rm 1.18). Além disso, podemos ainda destacar que Jesus salva o homem nos seguintes aspectos em seu presente:

  • Do domínio do mundo, da carne e do Diabo (Jo 8.23,24; Rm 8.7,8; I Jo 5.19)
  • Dos temores resultantes de uma vida de pecados (Rm 8.15; II Tm 1.7; Hb 2.14,15)
  • Dos vícios ( Ef 4.17-24; I Ts 4.3-8; Tt 2.11-3.6)

 Futuro

 O pecado causou danos eternos e terríveis (Rm 6.23). No entanto, a obra salvadora de Jesus alcança o futuro daqueles que crêem nele, podendo ser visto principalmente no fato de que são livres da ira futura (Rm 5.9).

2- Salvo por meio de quem?

 É fundamental que seja destacado quem é capaz de salvar o homem de seu estado de pecado, afinal, a própria Bíblia diz que todos pecaram (Rm 5.12). No entanto, conforme lemos no texto sagrado, Jesus Cristo tem condições para salvar o homem por várias razões, conforme destacadas as principais abaixo:

Ele é Deus

 Somente Deus seria capaz de cumprir Suas próprias exigências para a salvação do pecador: sacrifício perfeito. Não somente isso, mas também condições de enfrentar e vencer o pecado, o mundo, o diabo e a morte.

Sendo assim, a Palavra de Deus nos informa que Jesus Cristo é o próprio Deus (Jo 1.1; Fp 2.5-9).

Ele se fez carne

 Além de ser Deus, havia ainda a exigência de que o Salvador do homem se tornasse como ele, e isso por duas razões básicas: vencer o pecado na carne e compadecer-se dos homens. Para isto o Filho de Deus – Jesus – teve de tomar a forma humana a fim de cumprir Seu propósito de salvar a humanidade (Jo 1.14).

A Bíblia Sagrada nos informa que Jesus Cristo é o Sumo-Sacerdote que tem condições de se compadecer de nós, pois em tudo foi tentado, mas em nada pecou (Hb 4.15), além de ter sido tirado de entre os homens, dando a ele ainda mais condições para interceder por eles (Hb 5.1-3).

Com isso podemos afirmar que, conforme o próprio Senhor Jesus afirmou, Ele é o único meio pelo qual o homem tem acesso a Deus (Jo 14.6), e nas palavras de Pedro, somente por meio de Jesus é que o homem pode vir a ser salvo (At 4.12).

3- Quais os resultados desta salvação?

 O pecado trouxe consigo consequências terríveis, aliás, todos os males que afetam a humanidade e toda a criação, resultam da desobediência de Adão e Eva (Gn 3.9-19). No entanto, dentre tantas tragédias, sem dúvida, a maior é o rompimento que o pecado trouxe na relação entre o homem e Deus, resultando assim em inimizade entre ambos (Is 59.2).

Entretanto, em meio a essa terrível notícia, a Palavra de Deus torna-nos cientes de que os que recebem a Cristo como Senhor e Salvador são reconciliados com Deus, pois a perfeita obra de Jesus destruiu o muro da separação (Ef 2.13,14), tornando possível fazer com que aqueles que em outro tempo eram chamados inimigos, agora serem chamados de amigos de Deus (Jo 15.15), e também “filhos de Deus” (Jo 1.11,12).

Além disso, somos informados de que existe ainda um outro grande problema que somente em Cristo pode ser solucionado. O pecado que afetou toda a raça humana tornou o homem portador de uma dívida impagável, porém, de acordo com as Escrituras, somente Jesus poderia pagá-la, e Ele o fez de forma perfeita (Cl 2.14).

A obra realizada por Jesus Cristo é capaz de transformar não somente pessoas, mas também situações em que as mesmas possam se encontrar. Por exemplo, os mesmos que outrora recebiam o título de inimigos de Deus, passam a ser considerados amigos e filhos de Deus; e ainda, aqueles que possuíam uma dívida impagável, passam a ser justificados, não tendo mais do que ser cobrados ou mesmo condenados (Rm 8.1).

4- O que fazer para ser salvo?

No que diz respeito à obra da salvação, não há o que o homem possa fazer para ser salvo, porque Cristo já o fez, e nisso o homem não tem mérito algum (Ef 2.8). No entanto, toda ação ou mesmo palavra da parte de Deus resultará em resposta do homem, seja positiva ou negativa, o que resultará em bênção ou maldição (Dt 30.15-20; Hb 3.7-11).

Diante de tudo o que Deus realizou por meio de Cristo em favor da humanidade, requer apenas que os homens tenham fé, isto é, creiam que Jesus é o Filho de Deus e que somente nEle é possível obter perdão dos pecados, e consequentemente a salvação eterna (Jo 3.16). Diante disso, a Bíblia ainda nos ensina que é indispensável que aquele que crê, confesse publicamente, confirmando assim sua fé em Jesus Cristo, e como resultado, Ele a reconhecerá diante do Pai (Mt 10.32,33).

Nada é mais precioso do que ter a salvação em Jesus. Quando estava implorando o perdão de seu pecado, o rei Davi não pediu para que Deus preservasse sua posição de rei e nem mesmo seus benefícios, entretanto, clamou, pedindo para não perder a alegria da salvação e a presença do Espírito Santo (Sl 51.13,14). Creia em Jesus Cristo, entregue-se a ele, e viva com a promessa de viver eternamente com qualidade de vida (Jo 11.25,26; 10.10).

 

Comentários no Facebook

No Comments

Add your review

Your email address will not be published.